IPv4 vs. IPv6

Maio 25, 2007

Uma associação norte-americana chamada ARIN andou a fazer “contas á vida” e parece que só temos endereços IPv4 até 2010 . Para quem não percebe do assunto : um IP é uma sequência única de números que identifica um determino nó na rede . Estes nós principais, normalmente são servidores, cuja montagem, manutêncão e encargos estão a cargo de ISPs (Internet Service Providers) . Um IPv4 tem o formato xxx.xxx.xxx.xxx, ou seja, consiste numa sequência de 4 números que têm uma determinada gama de valores . Uma vez que os ISPs só podem atribuir IPs IPv4, a solução passa por adoptar o novo modelo IPv6, onde deixamos de ter 4 sequências para passarmos a ter 6 . Um IP fica então do tipo xxx.xxx.xxx.xxx.xxx.xxx … Um bocado chato não ?Não há problema, o DNS serve para alguma coisa 😉 DNS é um serviço que está praticamente presente em todos os OS actuais, é um serviço responsável por fazer a tradução de endereços que são “user-friendly” para endereços máquina . Exemplo : http://www.google.com na verdade tem o IP 64.233.183.103 . Para confirmar façam Iniciar -> Executar -> Escrever “cmd” no campo de texto -> ping http://www.google.com . O comando ping basicamente envia uma série de pacotes pela rede até ao endereço escolhido . É um bom utilitário para análise de redes … E gratuito …Podem ler aqui o artigo .

Anúncios

“…Evolution, Devolution, Revolution…”

Maio 8, 2007

Ultimamente tenho andado mais “ligado” na net, não no sentido de apenas estar presente,mas também de participar, ler, discutir, encontrar soluções para alguns dos problemas que surgem por vezes, etç. Esta “busca” levou-me também a adquirir alguns novos “interesses” . Falo por exemplo da ficção cientifica .Na realidade nunca prestei muita atenção a este assunto, até ler alguns artigos do Sr. Bruce Sterling, escritor das histórias que estão por detrás de filmes tão conhecidos como “Matrix” ou “Blade” . É um escritor de ficção cientifica, que escreve muito para revistas da especialidade .Num dos muitos ficheiros que circulam pela rede, descobri um texto “Legal”, no sentido em que é um documento livre para leitura, cópia, distribuição “pro bono”, este mesmo senhor fala da origem da Internet, como surgiu, para que fins, qual a sua evolução e como se espera que seja no futuro. Apesar de ser um texto já um pouco velho (Fevereiro de 1993), não dispensa uma leitura atenta . Aqui fica o ficheiro – bruce-sterling-internet.txt .


Firewind – Falling to Pieces

Maio 6, 2007

Para não deixar “morrer” o blog, deixo em baixo o video do tema “Falling to pieces” dos Gregos Firewind, que já estiveram pelo nosso até há bem pouco tempo . É o tema single do álbum “Allegiance”, um álbum com ritmo q.b. e melodia nos sitios certos . Procurem na mula, com certeza que acham isso …