Into Eternity – Timeless Winter

Agosto 31, 2008

Aqui fica, um tema de Into Eternity, colectivo Canadiano, praticante de um death/power metal orelhudo. Muito bom, aconselho a todos !

Anúncios

Chá branco :|

Agosto 23, 2008

Parece que aqui o mano gosta é de chá branco . Posso dizer seguramente que não . Pelo contrário . Chá preto sim, isso domina. Mas ao que parece anda tudo trocado (ou eu ou as outras pessoas, agora saber quem realmente , isso já é outra história ).

Bem, deixo aqui então o resultado do teste que fiz. Façam o teste e digam-me de vossa justiça, se concordam ou não 🙂


You Are White Tea


You are quite delicate and very sensitive. You are easily overwhelmed.

Peace and serenity are important to you. You shy away from intensity of any sort.

You appreciate a simple quiet moment. You can relax easily without feeling bored.

You take the time to enjoy life. Even when things are busy, you make the time.

What Kind of Tea Are You?

O Beijo

Agosto 21, 2008

Tudo começa com um beijo… É através do beijo que consigo ter a percepção real de que realmente quero esse pessoa. Quando um beijo não funciona dificilmente o resto irá funcionar…

Adoro sentir o calor da tua boca, a suavidade dos teus lábios ao encostarem nos meus… A humidade da tua língua. Assim tão perto, consigo sentir o teu cheiro fresco e perfumado, o teu odor característico e só teu, o teu sabor, muitas vezes doce, com um toque salgado,  sempre quente…`

É assim, bem juntinho a ti, a sentir as batidas do teu coração e toda a química que o teu beijo transmite, que olho para os teus olhos doces, meigos e cheios de desejo, com aquele brilho que ninguém entende, é nesse momento que tenho a certeza que o que quero é estar contigo e que todas a palavras que disseste são verdadeiras…

E tudo começou com um beijo… E a cada beijo tudo recomeça…

Como é bom beijar-te. Como quero beijar-te…

Nell


Delain – The Gathering

Agosto 14, 2008

The song that angels sing
The spell that calls, The Gathering
The magic that might bring,
Eternal life, The Gathering

I see a world in anger
I see a world in pain
Each day a different story
But still the message is the same

Hard news I set beside me
Sweet dreams is what I need
What daylight wants to show me
At night, appears to be insane

May I ask you in?
Shall I…
Shall I persuade you?

Chorus:
The song that angels sing
The spell that calls, The Gathering
The magic that might bring,
Eternal life, The Gathering

My cards, the ones to choose from
The role they play tonight
Which ones embrace the loved ones?
Which ones will summon for a fight

Show me your precious darling
And I will crush them all
Wave with your blooded sword and
I’ll kiss to show I’m not afraid

May I ask you in?
Shall I…
Shall I persuade you?


Luar sensual

Agosto 10, 2008

Caros vizinhos da blogoesfera, tenho a anunciar que a partir deste momento, o meu blog terá contribuições externas . Contribuições essas que espero, conseguirem agradar visitantes regulares e não só . Desta forma peço-vos que comentem, que deixem o vosso feedback !

Podem deliciar-se com o primeiro post em baixo :

Como a lua pode influenciar tanto os nossos desejos mais íntimos? É o que me acontece, quando começo a sentir um desejo, uma vontade inexplicável de tocar e ser tocada, e sempre que isso acontece a Lua está lá no alto, grande, redonda com todo o seu esplendor…

Nessas noites é difícil ficar sozinha, porque o desejo torna-se demasiado intenso… É sempre nessas noites que te procuro…

O ambiente está impregnado de sensualidade, de tensão. Os nossos olhares cruzam-se e demonstram desejo ardente e, quando nos aproximamos e a minha boca encosta da tua sinto o meu corpo tremer e uma vontade louca de te agarrar e amar logo ali mas os nosso encontros são muito mais do que sexo, são um jogo excitante de sensualidade e provocação.

O beijo, esse começa por ser só de leve no canto da boca, rodeando os teus lábios com a minha língua ao de leve, não deixo que me toques nem beijes… Vou te despindo lentamente enquanto minha boca e as minhas mãos percorrem suavemente o teu corpo ardente de desejo. Olho-te nos olhos… Sinto-me toda molhada com tanto desejo.

Começo então a sentir as tuas mãos a tocaram também o meu corpo quente, arrepiado e desejoso do teu… Teus lábios percorrem os meus seios enquanto os teus dedos deslizam para sentir e estimular o meu clítoris… Começo a gemer baixinho e a torcer-me de prazer.

Todos enrolados envoltos em prazer, a sentir verdadeiramente o copo um do outro e a olhar olhos nos olhos, penetras-me lentamente levando-me a loucura, gemendo de prazer até ficarmos os dois num estado de êxtase total com um orgasmo de fazer o mundo andar a roda…

É o luar… A Lua Cheia que faz destas coisas… Faz com que sexo não seja apenas sexo e sim um momento de entrega que deixa no ar um aroma doce e leve cheio de amor e sensualidade, um aroma que convida a iniciar tudo outra vez mas desta vez de uma forma mais carnal e selvagem….